sexta-feira, 2 de maio de 2008

Doce e duro


E foi lançado Hard candy, o novo disco da Madonna. Já ouvi todo, tá bacaninha, altamente dançável, "Heartbeat" me fez cantar e "She's not me" tem sido a mais comentada entre meus amigos... e amigas. No entanto, a empolgação que senti com Confessions on a dance floor não se repetiu. Alguns alegam que apesar de ótimo, o Confessions não trouxe nada de novo. Tá, e qual a novidade de Hard candy?
Não desmerecendo o novo álbum, mas o anterior, apesar de não inovar, foi mais ousado por ter sido confecccionado na contra-mão da indústria musical. Recauchutar um modismo dos 70's não é novidade meeesmo (cheirinho de Edson Cordeiro agora), mas fazer isso com canções inéditas, tendo os clássicos hits disco apenas como referência, e ainda fazer sucesso... desculpem-me as outras, mas só Madonna mesmo. Com o perdão de meu amigo Ricardo le Petit, sua diva Christina Aguilera tentou fazer o mesmo com a sonoridade dos anos 30 em Back to basics (um ótimo disco, por sinal) e não teve (infelizmente) a mesma repercussão.
Temos no mercado mais um bom álbum de Madonna, que pode não acertar como um todo, mas agrada e cumpre sua proposta de dança. Usufrua sem medo.
E aqui, no lado esquecido por ela em suas turnês, os fãs adoraram a coincidência do título do novo disco. Especialmente o Dannyº, que bolou esta capinha que ilustra esta postagem. A-DO-Rei!!

2 comentários:

☆ Sandra C. disse...

Guenta que a Madonna tá vindo pro Brasil!!!!

Hehehehe...

Para conferir se é verdade, dá um Google no SoS Ticket Master, EGO e no meu blog =)))

http://dixt.blogspot.com/

Tadeu Gondim disse...

Engraçado que senti a mesma sensação que você quando ouvi o álbum pela primeira vez...

Mas na segunda já começei a perceber particularidades, e achei Hard Candy muito gostoso, como um todo. Mas totalmente na contramão de Confessions, de fato.

Bjooo!!!!